Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Saiu na Imprensa

  09/04/2018   

Alta do PIB de 2018 cai de 2,84% para 2,80%, calcula Focus

O mercado financeiro reduziu suas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2018. A expectativa de alta para o PIB este ano caiu de 2,84% para 2,80% no Relatório de Mercado Focus divulgado na manhã desta segunda-feira, 9. Há quatro semanas, a estimativa era de crescimento de 2,87%. Para 2019, o mercado manteve a previsão de alta do PIB de 3,00%, mesmo patamar visto quatro semanas atrás.

No Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado pelo BC no fim de março, a autoridade monetária manteve sua projeção de alta do PIB deste ano em 3,6%.

No relatório Focus agora divulgado, a projeção para a produção industrial de 2018 passou por mudança substancial: de alta de 3,91% para avanço de 4,29%. Há um mês, estava em 3,97%. No caso de 2019, a estimativa de crescimento da produção industrial seguiu em 3,50%, igual ao verificado quatro semanas antes.

A pesquisa do BC mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2018 seguiu em 55,00%. Há um mês, estava no mesmo patamar. Para 2019, a expectativa passou de 57,40% para 57,20%, ante 57,60% de um mês atrás.

Balança comercial

Os economistas do mercado financeiro mantiveram a projeção para a balança comercial em 2018 na pesquisa Focus realizada pelo Banco Central. A estimativa de superávit comercial seguiu em US$ 55,00 bilhões. Um mês atrás, a previsão estava no mesmo patamar. Para 2019, a estimativa de superávit aumentou de US$ 45,65 bilhões para US$ 45,83 bilhões, ante US$ 45,00 bilhões de um mês antes.

Na estimativa mais recente do BC, atualizada na Nota do Setor Externo divulgada no mês passado, o saldo positivo de 2018 ficará em US$ 56 bilhões.

No caso da conta corrente, as previsões contidas no Focus para 2018 mudaram ligeiramente, de déficit de US$ 25,50 bilhões para saldo negativo de US$ 25,60 bilhões, ante US$ 26,60 bilhões de quatro semanas antes. Para 2019, a projeção de rombo foi de US$ 38,75 bilhões para US$ 39,10 bilhões. Um mês atrás, o rombo projetado para o próximo ano era de US$ 39,25 bilhões.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o resultado deficitário, tanto em 2018 quanto em 2019. A mediana das previsões para o IDP em 2018 seguiu em US$ 80,00 bilhões, igual ao verificado um mês atrás. Para 2019, a expectativa está em US$ 80,00 bilhões, mesmo valor de uma semana e um mês antes.

Fonte: www.opovo.com.br
Última atualização: 09/04/2018 às 09:47:50
 
Nota da Assessoria: O Sintaf não se responsabiliza pelo conteúdo e/ou opiniões emitidas nas notícias reproduzidas nesta área. As notícias aqui disponibilizadas são reprodução de temas de interesse veiculados na mídia.
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente

Comentários

Seja o primeiro a comentar. Basta clicar no botão acima.

Rua Agapito dos Santos, 300 - Centro
Fortaleza/Ce | CEP 60010250

www.igenio.com.br