Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  17/04/2017   

Pontos de Gestão: arbitrariedades e não cumprimento de acordos marcam impasses para implantação

A Diretoria do Sintaf tomou conhecimento, recentemente, que a Administração Fazendária voltou atrás sobre processo de negociação de metas funcionais para recebimento de pontos de gestão pelos servidores.
 
Inicialmente, após a definição de metas em 2016, a avaliação ocorreria no início de 2017 com o pagamento dos valores de ponto de gestão para os servidores que alcançassem as metas, ainda no mês referência de janeiro de 2017.
 
A Administração Fazendária surgiu agora com uma proposta arbitrária de vincular o recebimento dos valores ao controle de frequência, mesmo após o alcance das metas definidas com os gestores. Além desta posição absurda da Administração em alterar o que já foi publicado inclusive em portaria, a determinação agora é a de que as próximas metas sejam atreladas mensalmente ao cumprimento das 160 horas durante os seis meses vigentes.
 
Tal determinação não tem o apoio, sequer, da maioria dos gestores da própria Sefaz, tendo em vista que em relação ao 2º semestre de 2016, o pagamento não ficou vinculado à frequência por conta da oposição do Comitê Executivo, que rejeitou a proposta. A previsão é que o pagamento seja feito nesse 3º bimestre.
 
Percebemos que o real objetivo da Administração não é dar eficiência e eficácia às atividades dos servidores, agregando valor para a Sefaz e para o Estado do Ceará, mas sim de forma reiterada regredir a uma administração do início do século.
 
O que foi acordado com os servidores para o pagamento dos pontos de gestão tem que ser cumprido pela Administração Fazendária, sem qualquer vínculo com o controle de frequência, exatamente da forma como foi proposta e acordada com os servidores. 
 
O Sintaf não aceitará qualquer desmando ou arbitrariedade que venha prejudicar os fazendários. Sobre a questão do ponto, temos a palavra e o compromisso do Secretário Mauro Filho de que nenhuma mudança, nenhuma proposta, nenhum sistema que envolva controle de frequência seria levado adiante sem antes ser discutido com o sindicato. Cobraremos este compromisso do Secretário. 
Marcadores: pontos de gestão produtividade controle de frequencia
Fonte: Sintaf Ceará
Última atualização: 18/04/2017 às 09:06:36
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente

Comentários

Seja o primeiro a comentar. Basta clicar no botão acima.

Rua Agapito dos Santos, 300 - Centro
Fortaleza/Ce | CEP 60010250

www.igenio.com.br