Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Saiu na Imprensa

  27/11/2017   

Inflação na RMF se mantém sob controle neste ano

Em outubro, o índice que mede a inflação oficial teve avanço de 0,41% na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF)
 
A inflação na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), está bem controlada este ano, apesar do avanço em outubro. O índice ficou em 0,41%, o que representou forte aceleração em relação ao índice de setembro, que havia registrado alta de 0,16%. Também ocorreu crescimento em comparação com outubro de 2016, quando a variação foi de 0,39%.
 
No acumulado do ano, o índice é de 1,89%, também bem abaixo do registrado em igual período do ano passado (7,55%). A inflação acumulada dos últimos 12 meses na RMF soma apenas 2,63%, sendo a oitava maior entre as 13 Regiões Metropolitanas pesquisadas no País.
 
Os dados são do Relatório de Inflação do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). Segundo o analista de Políticas Públicas do órgão, Daniel Suliano, que elaborou o documento, 2017 teve duas boas surpresas fazendo cair os altos índices de inflação registrados na RMF em 2015 e 2016. Ele cita o esforço do Banco Central e a expectativa positiva gerada levando os preços para a meta de 4,5%. “Também houve um choque muito favorável na oferta de alimentos, uma boa safra, provocando sucessivas quedas de preços nesse grupo”, comenta, ressaltando que esse é o grupo de maior peso e que em outubro teve uma leve alta. “Os preços estão praticamente estáveis”.
 
Suliano acrescenta que no lado oposto, o grupo de habitação foi o responsável pela escalada dos preços neste mês de outubro no IPCA nacional ao registrar variação de 1,33%, com destaque para os itens energia elétrica e gás de botijão, com variações de 3,28% e 12,9%, respectivamente. Na RMF, habitação e vestuário registraram aceleração, com variação de 1,63% e 1,55%, respectivamente.
 
Suliano considera que o fato da atividade econômica estar muito baixa também contribui para o recuo de preços. Acrescenta que a inflação deve fechar 2017 bem abaixo da meta de 4,5%, pois mesmo com os aumentos de itens do grupo habitação o índice deve se manter comportado. Com a recuperação da economia, ele acredita que o IPCA apresente alta mas, ainda assim, inferior à meta. (Artumira Dutra)
Marcadores: inflação RMF Fortaleza
Fonte: O Povo - Economia
Link: https://www.opovo.com.br/jornal/economia/2017/11/inflacao-na-rmf-se-mantem-sob-controle-neste-ano.html
Última atualização: 27/11/2017 às 11:16:44
 
Nota da Assessoria: O Sintaf não se responsabiliza pelo conteúdo e/ou opiniões emitidas nas notícias reproduzidas nesta área. As notícias aqui disponibilizadas são reprodução de temas de interesse veiculados na mídia.
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente

Comentários

Seja o primeiro a comentar. Basta clicar no botão acima.

Rua Agapito dos Santos, 300 - Centro
Fortaleza/Ce | CEP 60010250

www.igenio.com.br